Jornada dos oficineiros do 10° Congresso inicia com alegria e entusiasmo

Oportunizar a reflexão e vivência dos congressistas com o tema Educação com Jesus: A Conquista do Reino de Deus é um dos objetivos do 10° Congresso Espírita do Rio Grande do Sul. O evento que ocorre de 11 a 13 de outubro de 2019 na PUC, em Porto Alegre, tem as oficinas como atividades complementares aos painéis.


Nesta sexta-feira (11), os oficineiros foram acolhidos e orientados ao trabalho que se inicia neste sábado (12). Lea Bos Duarte, membro da Coordenação Geral ressalta que é um importante momento de convergência de almas que seguem uma construção de muitos meses.

“Estamos em sintonia com o propósito, é o ápice da nossa felicidade. Pessoas de diferentes pontos do estado e até do Brasil estão reunidas com alegria depois de passarem por um grande preparo e aprofundamento”, disse.



O objetivo deste momento é oportunizar aos oficineiros um momento de proximidade com todos com acolhimento e orientações, além do preparo espiritual.



O que os oficineiros têm a dizer sobre a experiência


Ieda Palandi, de Caxias do Sul, é uma das oficineiras da Oficina 1 - Jesus, o Educador e conta que o trabalho é baseado em passagens das obras Memórias de Um Suicida, de Yvonne Pereira pelo espírito Camilo Cândido Botelho e Boa Nova, de Chico Xavier por Humberto de Campos.

O objetivo é trazer o modelo de Jesus como educador de almas, repensar a visão de cada um sobre Jesus através das passagens que ilustram situações de vidas de pessoas como ainda hoje somos.



Para a Oficina 2 - Família, instituição educativa, temos a participação também de oficineiros de outros estados do Brasil. Thiago Toledo, da Federação Espírita do Mato Grosso - FEEMT, conta que recebeu o convite da Federação Espírita do Rio Grande do Sul e ressalta o formato diferenciado do Congresso e a sua felicidade em fazer parte da experiência.




O oficineiro se prepara desde maio para a tarefa que vai trazer a referência de Jesus na família. “Meu coração está transbordando de felicidade pela oportunidade”, conta.

Sua colega de tarefa, Jéssica Bicudo, também da Federação Espírita do Mato Grosso - FEEMT acredita na importância da oficina para falar sobre o Evangelho no Lar na família e na nova geração.


Ainda, a oficineira Janine de Souza, de Palmas, no Tocantins, recebeu o convite para a tarefa no Encontro Nacional de Evangelizadores, que ocorreu este ano no Espírito Santo.

É a primeira vez que está na região e tem grande expectativa pelo trabalho. Para ela, o desafio das oficinas a motivam pois é uma experiência vivencial, a qual o oficineiro inicia o trabalho com ele. Independente da distância, o ideal é o mesmo, é a unificação na prática.

As oficinas ocorrem no 10° Congresso Espírita do RS no sábado (11) e domingo (12) e proporcionam o exercício do olhar interno aos congressistas.



38 visualizações

© 2018 por Federação Espírita do Rio Grande do Sul

Área de Comunicação Social Espírita

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram